Indice


Amor e Sexo


Bíblicas


Mágicas


Sorte

 

SIMPATIAS MÁGICAS

CRISTAIS

        Os cristais, que são as pedras preciosas e semipreciosas, possuem propriedades cujo conhecimento se perdeu durante a Idade Média, principalmente, graças às perseguições religiosas movidas contra os Magos e Alquimistas. O que foi salvo, no entanto, permite ver, ainda hoje, quão profundos foram esses estudos, abrangendo todos os aspectos da relação entre o homem e os cristais, principalmente no que se refere à troca de energias, que se processa, segundo esses estudos em três planos: o das cores das pedras, independentemente de seu tipo, o da sua composição e o de suas formas.
     Desses estudos, o mais interessante e que deu origem a um número enorme de simpatias, está o das cores dos cristais e seus efeitos, que podem ser negativos e positivos. As pedras vermelhas, alaranjadas, amarelas e douradas são positivas, enquanto que as verdes, azuis, púrpuras, cinzentas, prateadas e marrons são consideradas negativas.
     Conhecer um pouco dos cristais coloridos e suas aplicações é de suma importância para quem se dedica a ir além na busca de novas abordagens da relação do homem com a natureza, ponto de partida para a compreensão da relação entre ele e outros planos.


SIMPATIAS


   1 A COR VERMELHA

   Principais pedras com essa cor: ágata, granada, rubi, jaspe, cornalina e hematite.

   Atuação: sobre o sistema circulatório e todas as suas manifestações, inclusive impotência física, sangramentos ou feridas. Devolve as energia e retira o desânimo. Na medicina oriental, atua sobre o primeiro chacra.

   Modo de Usar: pondo a pedra sobre o local afetado, o que pode provocar um ligeiro aquecimento. Pendurando-a numa corrente de ouro à altura do coração. Mergulhando-a num copo de água por sete minutos e tomando a água em seguida, sempre em jejum e pela manhã.

   2 A COR LARANJA

   Principais pedras com essa cor: safira, jacinto, cornalina, berilo e topázio.

   Atuação: sobre o sistema digestivo, principalmente o baço e o pâncreas. Torna as pessoas mais maleáveis, quando são muito apegadas a valores tradicionais ou a laços de dever e compromisso. Auxiliam na cura de problemas respiratórios como asma e bronquite. Na medicina oriental atua sobre o segundo chacra.

   Modo de Usar: em contato com a pele, à altura do peito, ou posto em um copo e água por sete minutos. Tomar metade da água antes e metade depois das principais refeições.

   3 A COR AMARELA

   Principais pedras com essa cor: safira, cornalina, topázio

   e diamante.

   Atuação: atua no sistema nervoso, acabando com a fadiga e dando disposição. Fortalece os nervos e age sobre o fígado principalmente, com reflexos imediatos na beleza da pele.

   Modo de Usar: friccionar o plexo solar e a região do fígado com uma pedra dessa cor. Pô-la na testa e cobrir com um lenço amarelo, permanecendo em relaxamento por alguns minutos. Posta em uma garrafa de vinho branco que deverá ficar num local escuro, mas fresco e arejado (a geladeira é o melhor local). Tomar um cálice antes das principais refeições. Exerce influências sobre o terceiro chacra, conforme os orientais.

   4 A COR VERDE

   Principais pedras com essa cor: esmeralda, jade e crisólita.

   Atuação: atua diretamente sobre o equilíbrio emocional, desenvolvendo a autoconfiança e a maturidade. Regula a pressão sangüínea e é benéfica aos rins e coração, principalmente. Desenvolvem a capacidade de se relacionar com as outras pessoas e fazer amigos com facilidade.

   Modo de Usar: num anel, de forma que a pedra possa ficar em contato com a pele constantemente. Em forma de pingente, preso à altura da garganta. Como brinco, desde que o cristal toque a pele e não seja utilizado nenhum outro cristal por perto. Age sobre o quarto chacra, segundo a sabedoria oriental.

   5 A COR AZUL

   Principais pedras com essa cor: lápis-lazúli, safira, pedra-da-lua e azurita.

   Atuação: o azul é a cor da paz e do repouso, mas é, também, a cor da seriedade e do respeito. Reforça as defesas do organismo, faz baixar a pressão e agem como poderoso desinfetante, principalmente em problemas localizados onde haja vermelhidão. Torna as pessoas responsáveis e virtuosas, atuando sobre o quinto chacra na medicina oriental.

   Modo de Usar: preso à garganta, num pingente, à altura do peito, pouco acima do coração ou em uma pulseira, no pulso direito, de forma que a pedra toque a pele.

   6 A COR ÍNDIGO

   Principais pedras com essa cor: rubi e piropo.

   Atuação: o índigo é uma cor que fica entre o azul-escuro e o violeta. Estimula a religiosidade e abre os canais de comunicação com os planos superiores (terceiro olho). Recomendado para pessoas muito sensíveis à dor ou com problemas de perturbações mentais. É poderoso amuleto contra entidades, fluídos e energias negativas de qualquer natureza. Atua no sexto chacra.

   Modo de Usar: aplicado atrás da orelha, à altura do lóbulo, diariamente, por três minutos. Deixado num copo de água, ao nascer do sol, para ser tomada de gole em gole a cada meia hora. Num pingente, à altura da barriga. Num anel, usado na mão direita, em contado com a pele.

   7 A COR PÚRPURA

   Principais pedras com essa cor: quartzo e ametista.

   Atuação: é a cor mística por excelência, usado nas capas, chapéus ou nas roupas rituais dos Magos da antigüidade. Eleva o espírito acima dos problemas materiais, purificando e fortalecendo-o. Usado na maioria dos problemas que surgem à altura da cabeça (ouvidos, boca, nariz, olhos e cabelos). Age no sétimo chacra.

   Modo de Usar: Esfregar na testa e nas têmporas, lentamente, por três minutos, num local silencioso e agradável. Em brincos quando a pedra toca a pele e em anéis, da mesma forma.

   8 PARA A VISÃO

   O sentido da visão é um dos mais exigidos no homem, razão pela qual todo o cuidado com ele nunca é demais. Há problemas que são inevitáveis, pois são hereditários ou progressivos, como astigmatismo, miopia e outros, que vão aumentando com o tempo.

   A essência das simpatias sempre foi a de prevenir, muito embora também possa remediar. No caso da visão, ainda que haja antecedentes hereditários, a futura mamãe pode fazer muito por seu bebê se, a partir do sexto mês da gravidez, esfregar suavemente em seu ventre uma esmeralda, uma ametista, uma água-marinha ou qualquer outra pedra verde.

   Enquanto não estiver em uso, a pedra deverá ser deixada dentro de um copo de água, devendo tomar sol pelo menos uma vez ao dia. Não deixe ninguém mais tocar a pedra. Se o local da fricção se aquecer, não se assuste. É normal.

   9 PARA SER UM BOM ORADOR

   Muita gente tem uma dificuldade enorme de falar em público, perdendo toda a espontaneidade e não sabendo onde meter os pés e as mãos, quando diante de uma multidão.

   Ocorre que isso não é um problema insolúvel, mas apenas uma questão de treinamento, o que lhe desenvolverá todas as habilidades de orador, reforçando sua argumentação e dando brilho a sua eloqüência.

   Para isso, basta usar uma simpatia muito simples. Treine o discurso, lendo-o por sete vezes diante de um espelho, mantendo em sua boca uma esmeralda ou uma ágata verde.

   Cuidado, no entanto, para não engolir a pedra. Mantenha-a presa sob a língua. Quando engasgar com alguma palavra, cuspa um pouco de saliva pela janela. Após o ensaio, lave a pedra em água corrente. Repetir isso por três vezes pelo menos, em dias ou horários diferentes.

   10 PARA INSÔNIA

   Hoje em dia a insônia praticamente afeta mais da metade da população adulta. A crise econômica, o desemprego e as dificuldades, que parecem ter se tornado crônicas no país, atormentam as pessoas e tiram-lhe toda a tranqüilidade.

   Há inúmeras simpatias para isso, mas esta é uma das mais fáceis. Deixe uma ametista de qualquer em água gelada por instantes, depois massageie a região da testa e das têmporas. Se notar um leve aquecimento, insista, até sentir o corpo relaxar e o sono chegar.

   11 PARA UMA UNIÃO DURADOURA

   Os cientistas hoje afirmam que todo e qualquer relacionamento entre homem e mulher tende a se acabar no período entre sete e nove anos. Alguns casamentos, no entanto, desafiam essa conclusão e seguem firmes, com dez, vinte, trinta e até mais anos de duração.

   Qual é o segredo disso? Com certeza em alguma simpatia muito antiga, feita por um dos noivos ou por alguém ligado a eles.

   Esta é uma delas e pode dar ao seu casamento duração eterna. Segundo os Magos e os Alquimistas, a safira azul sempre foi o talismã mais poderoso para preservar o amor entre duas pessoas.

   Dessa forma, nada mais indicado que, no dia do noivado (e não do casamento), os noivos trocarem anéis com safiras azuis.

   Nota: Alertam os antigos tratados de Alquimia e de Simpatias Populares para o poder desse cristal. Qualquer das pessoas que receber uma jóia com esse cristal, no seu noivado, jamais deverá deixar que outra pessoa a toque ou a use. Se isso acontecer, quem tocar ou usar aquela jóia ficará fortemente apegado à pessoa que a doou. Histórias trágicas já foram escritas sobre o assunto, não por escritores cheios de fantasia, mas por cronistas de seu tempo, cujo trabalho era apenas o de registrar acontecimentos verificados no reinado de seus amos e senhores.