Indice


Amor e Sexo


Bíblicas


Mágicas


Sorte

 

SIMPATIAS MÁGICAS

SIMPATIAS CIGANAS

     Um dia, há mais de dois milênios, eles deixaram a Índia e se dividiram em dois grandes grupos, um em direção à Pérsia, outro em direção ao Egito. Nessa caminhada, beberam na fonte segredos ainda hoje não revelados. Conheceram as lâminas do tarô em seu nascedouro e nada indica que não tenham partilhado de sua elaboração, fruto de suas mentes místicas, milênios à frente da civilização da época.
     Da mesma forma, percorreram caminhos onde, mais tarde, surgiriam túmulos e pirâmides famosas. O segredo da preparação dos mortos para a viagem final lhes foi revelado, mas permanece até hoje oculto entre os mistérios que cercam esse povo maravilhoso e sempre cercado de uma aura de mistérios.Criaram lendas no Leste Europeu. Conviveram com vampiros nos Montes Cárpatos. Domesticaram lobisomens nos recantos escuros da Floresta Negra. Inventaram o flamengo, dança ardente, mística e perturbadora, fruto de sua convivência com a dança do ventre e com as dançarinas do Egito e da Pérsia.
     No extremo da Europa, encontraram-se os dois braços originais. Portugal e Espanha marcaram o ponto de partida para o Brasil. Aqui chegaram. Aqui se firmaram. O mistério permanece.


SIMPATIAS


   1 PARA OS AMIGOS

   Um cigano nada é sozinho. Necessita de companhia, de amigos que defendam seu ponto de vista e que entendem sua vida nômade e sua sede de liberdade. Assim, é uma tradição e um verdadeiro ritual a busca dos ciganos por amizades.

   Sabendo que estará sempre em movimento, o cigano se previne, garantindo as suas amizades, de uma forma sutil.

   Cada um deles leva consigo, em suas andanças, no mínimo de sete a doze garrafas do melhor vinho que pôde comprar. Normalmente vinho tinto, pois reservam o vinho branco para assuntos que se referem às mulheres.

   Um verdadeiro ritual cerca a conservação desse vinho. Eles são postos em caixas de madeira cheias de terra, mantidas constantemente molhadas. Sempre que um cigano se sente seguro em relação a uma pessoa, ele dá a essa pessoa uma garrafa desse vinho para que abra e tomem juntos.

   Normalmente o primeiro gole sempre é tomado pelo amigo que o cigano deseja conquistar.

   2 PARA AS ARMAS

   É interessante, intrigante e por vezes chocante para um ocidental como nós falar a respeito disso, mas, para os ciganos, armas e defesa pessoal é parte se sua própria cultura.

   Existem lendas e histórias sobre o assunto que poderiam preencher livros inteiros. Basta mencionar que, segundo as lendas, uma prática cigana faz com que, simplesmente, as lâminas mercam seu fio ou que armas de fogo não disparem.

   Como fazem isso? Apenas juntando as duas mãos acima da cabeça e entrelaçando os dedos, com as palmas voltadas para cima. Duelos famosos foram interrompidos assim. Muitos deles se safaram do perigo dessa forma.

   3 PARA NÃO FALTAR HOSPITALIDADE

   Em determinados períodos da História, os ciganos quase foram exterminados na Europa. Apesar de todas as histórias contadas contra eles, sempre conseguiram encontrar hospitalidade, não importava onde fosse nem qual o sistema de governo.

   As únicas exceções, em toda a História, foram nos governos de Hitler, na Alemanha, Salazar, em Portugal, Franco, na Espanha e Stálim, na Rússia. Nessas oportunidades os ciganos quase foram extintos nesses países.

   Salvou-os a natural persistência desse povo que, sempre que parava para acampar, abria garrafas de seu melhor vinho e derramava ao redor do acampamento, fazendo um círculo. Nesse vinho, acrescentavam saliva de ciganas virgens, segundo a lenda.

   4 PARA A BELEZA FEMININA

   O segredo da beleza das ciganos é indagado ao longo do mundo e dos tempos, sem que se tenha chegado a uma conclusão. Muitos opinam que é fruto dessa misteriosa e intrigante mistura entre a Índia, Pérsia e Egito, berços da antigüidade e de onde emanaria todo o conhecimento atual se a maior parte dele não tivesse se perdido sob o jugo de zelosos e ignorantes missionários, que se

   julgavam donos da verdade e juizes do conhecimento humano.

   Mesmo assim, segredos perturbadores foram conservados até hoje, entre eles o da beleza das mulheres ciganas, que é maravilhosamente simples.

   A beleza dos olhos, da pele, do corpo, da fala, do toque e de tudo que encanta numa cigana está num simples segredo. O de um cristal transparente e perfeito que cada uma ganha de seu pai, quando completam sete anos. Cristal que elas mantêm e que conservam com requintes de um ritual. Cristal cuja existência todas elas negam. Mas, se a curiosidade e a persistência forem o seu forte, siga uma cigana à noite, na primeira da Lua Cheia, quando ela banha seu cristal na correnteza de um rio, depois coloca-o entre os seios.

   Local onde o escondem, porque suas emanações e influências vão direto ao coração delas.

   5 PARA A PROSPERIDADE

   Alguém um dia disse que a prosperidade de um cigano estava em seus dentes de ouro. Talvez dissesse isso por pilhéria, mas jamais alguém chegou tão perto da verdade

   Por que são prósperos os ciganos? Porque em sua vida aprenderam a amealhar bens e conservá-los? Em parte. Porque o maior tesouro de um cigano ninguém jamais verá. Nem seu melhor amigo. Sem seus filhos.

   Simplesmente porque cada dente que um cigano perde, é por ele guardado. Não importa o que ele faça, se os guarda sob o travesseiro, dentro do colchão, numa caixa de madeira ou se os enterra no pé de uma árvore que só ele conhece.

   O que lhe garante a prosperidade é o fato de saber exatamente onde está cada um dos dentes perdidos de sua boca.

   6 PARA CONQUISTAR MULHERES

   Um cigano têm um conceito de família muito mais profundo e sólido do que imaginam os ocidentais. Por outro lado, a fama de conquistadores que granjearam não foi por mero acaso. Os ciganos têm uma mística que, por si só, amolece muitos corações. E eles aproveitam essa mística, mantendo-a constante.

   Um cigano, para conquistar uma mulher, seja cigana ou seja uma "gadja", têm um segredo bem simples: a rolha da garrafa de vinho que ele abre e oferece a ela. Normalmente ele a segura com sua mão direita e, sem que sua parceira perceba, ele acaricia a mão dela, principalmente na região do pulso. Segundo dizem, isso praticamente tira toda a resistência das mulheres.

   Nota: Estudos herméticos feitos na Idade Média, principalmente pelo Mago Ebolim, discípulo de Cagliostro, morto nas fogueiras da Inquisição, e recentemente comprovados pelo Instituto Enológico de Nova Iorque, atestam que há algo especial, místico e ainda não explicado no efeito da massagem feita nos pulsos e outros pontos do corpo onde as veias se salientam, usando-se vinho de qualidade e maturados.

   7 PARA DANÇAR

   A dança cigana exerce um fascínio até hoje ainda não muito bem entendida pelo mundo ocidental. Quando um cigano dança, ele imita os movimentos das penas das asas de um pássaro. Este é um dos segredos mais bem conservados por essa raça maravilhosa, que jamais comentam essa particularidade.

   Observe, porém, como eles movem os braços e as mãos, com uma leveza que encanta e excita. Giram ao redor das suas parceiras como verdadeiros donos do ar, da leveza e da graça.

   Simplesmente porque, quando começam a aprender a dançar, levam entre os dentes penas de pássaros, qualquer um deles, mas sempre os coloridos. Jamais penas de pássaros escuros.

   Nota: DeLatorre Allem, o famoso bailarino cigano que, apesar de jamais ter pisado num palco, foi um dos mais invejados, comentados e elogiados dançarinos de sua época, dizia que as penas do canário belga eram as melhores para ensinarem a leveza máscula e provocante da dança cigana espanhola.