Indice


Amor e Sexo


Bíblicas


Mágicas


Sorte

 

SIMPATIAS MÁGICAS

AMOR

     Os magos antigos, nas cortes da Europa, eram requisitados para elaborar os famosos filtros do amor, cujos ingredientes apenas eles conheciam. Por muito tempo acreditou-se que os componentes dessas bebidas feitas para provocar o amor eram de difícil localização e as receitas eram tão complicadas que os mortais comuns jamais a conseguiriam elaborar.
     Nos últimos tempos, com as descobertas e reprodução de diversos manuscritos mágicos, principalmente do período que antecede a Idade Média, percebeu-se que o processo de elaboração de um filtro do amor envolvia basicamente dois processos: o primeiro era o de criar o veículo adequado, ou a bebida em si. O segundo era o de incluir nessa bebida o princípio ativo que produziria o resultado esperado, conforme o desejo de quem fazia o pedido ao mago.
     Magos modernos rapidamente incorporaram o processo e perceberam a simplicidade que envolvia o assunto. Em resumo, a bebida ideal para se fazer um filtro do amor é o champanhe ou o vinho branco. O ingrediente ativo será sempre um metal ou um cristal, conforme a necessidade e o objetivo esperado.
     Em pouco tempo um sem-número de simpatias específicas, feitas com essas combinações de elementos, estavam a nossa disposição.
     É realmente fascinante o mundo das Simpatias Populares, pois quanto mais se pesquisa e se estuda o assunto, mas se descobre sobre ele.
     No final da década passada, num manuscrito antigo de uma família de ciganos, escrito ainda em romanês ou romani, língua oficial dos ciganos Europeus, encontrou-se uma série delas feitas com uma curiosa e interessante combinação de Numerologia, usando, para seu sucesso, pedras de dominó. A recomendação, no entanto, era de que as pedras a serem usadas fossem feitas de marfim ou madeira que se assemelhasse ao marfim. A notícia foi espalhada para os magos, bruxos e feiticeiros do mundo todo, para que pesquisassem. Após mais de cinco anos de estudos e pesquisas sobre o assunto, já se pode chegar a algumas conclusões a respeito, principalmente quanto ao tipo de material empregado na elaboração das pedras, que têm que ser de madeira, mas não necessariamente brancas. As de plástico foram abolidas, pois jamais apresentaram um resultado confiável.
     Um dos segmentos que mais apresentou sucesso com esse tipo de simpatia foi o do Namoro e das coisas do coração, como a paixão, o amor e mesmo o casamento. Vejamos alguns exemplos, depois outros tipos de simpatias para o mesmo fim.


SIMPATIAS


   1 PARA HAVER CONFIANÇA

   Um dos pressupostos básicos de qualquer associação entre pessoas é o da confiança, pois sem isso, jamais haverá nem um arremedo de relacionamento entre eles. Se houver, será frágil e falho, tendendo a se desmoronar ao primeiro abalo.

   Conquistar a confiança de uma outra pessoa é muito difícil. Além de se dedicar a isso, porém, você pode se utilizar de uma simpatia milenar praticada pelos magos ciganos.

   Para tanto, pegue uma foto ou um desenho da outra pessoa, coloque junto a pedra 1-1 do dominó, embrulhando com um lenço vermelho e guardando numa caixa ou gaveta de madeira.

   A mesma simpatia pode ser usada para preservar a fidelidade dos namorados.

   2 PARA ENCONTRAR ALGUÉM DE BOM CARÁTER

   Namorar bandido(a) fica muito bonito nos filmes e nas novelas de televisão. Na vida real isso é sinônimo de constrangimento, sofrimento, dor, vergonha e, em muitos casos, cadeia também por cumplicidade, pois cedo ou tarde a segunda pessoa acaba sendo arrastada para a marginalidade.

   Para encontrar alguém respeitável e com um bom caráter, acenda uma vela por dia, durante todo o período da Lua Cheia, fixando-as sobre a pedra 2-2 de dominó.

   Quando terminar o período, retire os restos de vela da pedra, molhe-a com seu perfume predileto e leve-a no bolso ou na bolsa. Se não encontrar a pessoa procurada, repita no próximo período da Lua.

   O uso correto desta simpatia manda que ela seja feita por dois meses seguidos, depois deixando-se passar outros dois, antes de refazê-la, caso não tenha encontrado a pessoa certa.

   3 PARA NAMORAR COM CARINHO

   Ninguém tem vocação para cachorro ou animal que goste de ser tratado com brutalidade. Numa relação amorosa, o carinho é um dos ingredientes principais para que um casal estreite laços e caminhe seguro para um compromisso mais sério.

   Para conseguir encontrar alguém assim, mande fazer um pingente de ouro, na forma da a pedra 3-3 de dominó, usando-o com freqüência para atrair a pessoa certa.

   Se você já está namorando e quer que a pessoa amada seja mais carinhosa, pegue a pedra 3-3 e enterre no quintal da casa dela. Se preferir, dê um vaso de flor de presente para essa pessoa, tomando o cuidado de enterrar, no fundo do vaso, essa pedra de dominó.

   4 PARA DESCOBRIR AFINIDADES

   As pessoas precisam de muito tempo para descobrir as afinidades que possuem em relação às outras. A existência delas, inclusive, é que solidifica uma relação, permitindo que ela evolua de uma simples paquera para um namoro mais sério.

   Se existe uma pessoa em quem você está interessado(a) e deseja saber até que ponto possuem afinidades, escreva seu nome sete vezes num lado de uma folha de papel branca, depois escreva o nome dessa pessoa sete vezes do outro lado.

   Coloque a pedra 4-4 de dominó no lado em que está o nome da outra pessoa, embrulhando-a com esse papel. Coloque dentro de um lenço ou saquinho vermelho, de tecido natural, e pendure no galho de uma roseira.

   Todo dia, quando passar por perto, balance esse galho. Procure com freqüência essa pessoa para trocarem idéias. Verá como as afinidades, se existirem, surgirão logo.

   Em todos os casos, dando ou não dando certo seu namoro posterior com essa pessoa, assim que estiver satisfeito(a) com as respostas, desmanche a simpatia, lavando a pedra com água corrente.

   5 PARA ENCONTRAR ALGUÉM COM BOM TEMPERAMENTO

   Começar a namorar alguém e descobrir depois que ela possui um temperamento insuportável é uma perda de tempo e emoção enorme. O ideal é saber logo no início que tipo de pessoa ela é.

   Para conseguir isso, pegue a pedra 5-5 de dominó, escreva no verso dela o nome da pessoa, usando tinta vermelha, depois coloque-a sob a sola do pé direito de um sapato seu. Deixe isso debaixo de sua cama.

   Os melhores resultados são observados quando a simpatia é feita na Lua Nova. Quando ficar satisfeito(a) com os resultados, desmanchar e lavar a pedra em água corrente.

   6 PARA COMBINAR NA CAMA

   É impossível imaginar um namoro hoje onde as pessoas nem tenham esse tipo de preocupação, pois namorar por namorar já era coisa do passado no tempo de nossos avós.

   A importância dada ao perfeito entrosamento sexual entre um casal veio no bojo da liberdade sexual conquistada pelas mulheres que, mesmo em tempos de AIDS, souberam manter o espaço conquistado.

   Hoje é normal uma mulher levar camisinhas em sua bolsa, preparando-se para qualquer eventualidade.

   De qualquer forma, para encontrar sempre pessoas com as quais certamente você combinará na cama, pegue um botão de rosa vermelha e a pedra 6-6 de dominó, colocando isso dentro de uma camisinha e a camisinha dentro de um saquinho vermelho.

   Levar consigo no bolso ou na bolsa. Todo primeiro dia da Lua Cheia, retire o botão de rosa seco e substitua-o por um novo.

   7 PARA SABER O QUE ESPERAR DE ALGUÉM

   O ideal seria que, ao se começar a namorar uma pessoa, você já pudesse saber o que esperar dela. Como as pessoas ficam todas na defensiva no início de uma relação, ou então mentem para mantê-la, torna-se praticamente impossível analisar com acerto o coração de alguém.

   Se você não quer correr riscos e descobrir isso já no início do namoro, pegue a pedra 1-6 de dominó e coloque-a sobre uma foto da pessoa em questão, cobrindo com um prato e sobre ele acendendo uma vela azul.

   Nos sete dias que se seguirem, pergunte tudo que desejar saber a essa pessoa que ela não conseguirá mentir ou iludir você.

   8 PARA ENCONTRAR ALGUÉM BOM(A) DE CAMA

   O aprendizado sexual exige muita prática e nada melhor que fazê-lo com quem tenha experiência e saiba se comportar na cama. Pessoas assim não são fáceis de serem encontradas, pois nesse campo o egoísmo ainda campeia, fazendo com que as pessoas se preocupem mais com o próprio prazer do que com o prazer do(a) parceiro(a).

   Para encontrar alguém realmente bom(a) de cama, pegue a pedra 3-6 de dominó e durma com ela dentro de sua peça íntima por sete noites seguidas, iniciando no primeiro dia da Lua Crescente.

   Após esse período, deixá-la em pé na cabeceira de sua cama, dentro de um prato com água e mel, até encontrar a pessoa desejada.

   9 PARA COMPREENSÃO

   Um namoro onde não haja compreensão mútua não vai demorar para naufragar. Um bom diálogo é necessário para que um precioso investimento emocional não seja perdido.

   Além disso, qualquer pessoa pode se prevenir e provocar a compreensão da outra pessoa simplesmente fazendo uma simpatia.

   Esta consiste em pegar a pedra 1-3 de dominó e enterrá-la deitada a meio caminho entre o lugar onde mora a outra pessoa. Na verdade, essa pedra ficará exatamente na metade do caminho entre as duas residências.

   Nota: Tem sido muito discutida a questão de se enterrar um fetiche. Num local pré-determinado, como nesta simpatia, pois nas cidades isto se torna impossível com o calçamento e o asfalto. Recomendam, então, alguns que nesses casos o fetiche seja queima- do e suas cinzas atiradas no local indicado. Outra corrente manda que ao invés de se fazer isso, o fetiche seja desenhado ou pintado no local indicado, garantindo assim sua presença ali e realizando o papel para o qual foi elaborado.

   10 PARA ACHAR ALGUÉM INTELIGENTE

   As disposições de cada pessoa, bem como seus gostos, variam de uma para outra. É difícil determinar o que faz com que alguém se encante com outra pessoa, pois não existe uma receita geral, mas inúmeras receitas com gostos e desejos diferentes.

   Algumas querem uma pessoa inteligente, pois consideram essa virtude como a mais importante. Que seja! Para isso também as simpatias encontram solução.

   A partir do dia do seu aniversário, coloque a pedra 1-2 de dominó dentro de uma Bíblia, na página inicial do Livro dos Provérbios. Diariamente, antes de dormir, leia um dos provérbios. Vá avançando a pedra, à medida que avança nas páginas. Quando tiver lido todos os provérbios, retire a pedra, embrulhe-a com papel de presente, arrematando com uma fita vermelha, guardando-a numa caixa ou gaveta de madeira.

   Quando encontrar a pessoa desejada, desmanche a simpatia e lave a pedra em água corrente.

   11 PARA TEMPERAMENTO DIFÍCIL

   Muitos relacionamentos amorosos acabam dando em nada simplesmente porque uma das pessoas tem um temperamento difícil, insuportável mesmo, que acaba afugentando a outra pessoa, por mais que ela esteja apaixonada.

   Antigamente as mulheres aceitavam com maior submissão quando cometiam o erro de se casar com alguém de temperamento difícil. Hoje preferem sair da relação sem maiores problemas. Algumas, porém, se sentirem que vale a pena, podem recorrer à seguinte simpatia.

   Coloque vinho branco numa taça de prata e leve-a ao congelador para esfriar. Coloque dentro uma jóia que tenha um diamante lapidado. Deixe por breves instantes, o suficiente para a bebida esfriar. Retire a jóia e sirva para a pessoa logo em seguida. Repetir diariamente, por sete dias seguidos, a partir do primeiro dia da Lua Minguante.

   12 PARA ACALMAR CIÚME

   Quando uma relação é baseada no respeito mútuo e confiança, a existência do ciúme é um empecilho terrível para a felicidade do casal. Muita gente sofre calada com isso. Outras preferem se afastar, mesmo sofrendo por deixar o amor.

   Outras, no entanto, estão descobrindo as soluções mágicas propostas pelos filtros de amor, indicados para todos os fins, inclusive para calmar o ciúme exagerado.

   Para tanto, na Lua Minguante, enterre uma garrafa de vinho branco, deitada em terreno seco, mas ensolarado, deixando por sete dias. Findo esse prazo, retire-a, lave-a em água corrente, esfregando com sal grosso. Leve à geladeira para esfriar.

   Coloque uma esmeralda ou qualquer outra pedra verde numa taça de cristal e encha com água. Deixe descansar por alguns instantes, depois retire a pedra e jogue a água fora. Não enxugue o copo. Sirva o vinho nessa taça para a pessoa.

   Repita por até três vezes, se for necessário. Se isso não resolver, considere a possibilidade de sair dessa.

   13 PARA A FALTA DE DIÁLOGO

   É interessante perceber como os namorados têm assunto. Mal acabam de se deixar e já estão telefonando um para o outro para continuar a conversa.

   Por outro lado, quando duas pessoas se casam, parece que se esquecem de conversar. O diálogo que sempre foi muito presente e importante no casamento, simplesmente deixa de existir e, com isso, começam as divergências e os problemas.

   Para evitar que isso aconteça, combine com seu esposo ou esposa um pequeno ritual. Todo mês, no primeiro dia da Lua Cheia, comprem uma garrafa de champanhe, deixando-a na geladeira. À noite, após as dez horas, retirem suas alianças, colocando-as em duas taças de cristal. Sirvam o champanhe nelas.

   A esposa beberá na taça onde está a aliança do marido e ele fará o mesmo na taça com a aliança dela. Nessa noite o compromisso terá de ser conversarem o máximo possível.

   14 PARA A FALTA DE ROMANTISMO

   Assim como o diálogo, o romantismo é uma das primeiras vítimas da rotina do casamento. A convivência desmistifica as pessoas, pois a proximidade e a intimidade trazem uma tendência de banalizar o relacionamento.

   Isso não pode acontecer, pois o romantismo é um dos temperos mais interessantes do casamento. Para não perdê-lo, um dos dois deverá cuidar em fazer sempre a seguinte simpatia.

   Comprar mensalmente uma garrafa de vinho branco doce, abrí-la e colocar dentro uma água-marinha. Repor a rolha e deixar a garrafa deitada na geladeira, envolta num pano vermelho.

   No jantar, servir uma taça para cada um e deixar rolar em seguida.

   Nota: Uma das magias mais empregadas, para seduzir um homem, no período em que os Magos estiveram mais ativos em toda a Europa consistia em servir-lhe uma bebida no bico dos seios de uma mulher. Na simpatia acima, isso pode ser feito antes do jantar, o que, seguramente, vai fazer com que o casal coma mais tarde a comida fria, pois terão algo mais importante para fazer antes.

   15 PARA A ROTINA E A MONOTONIA

   Um dos pecados mais freqüentes de todo casamento é cair na rotina. A monotonia acaba por reduzir qualquer paixão, por mais intensa que seja, a um caso muito água-com-açúcar.

   Fuja disso logo nos primeiros momentos do seu casamento, fazendo o seguinte. Tenha sob sua cama uma garrafa de vinho em cujo interior você tenha posto um rubi.

   Habitue-se a preparar um banho para a pessoa amada e, no momento em que enche a banheira, despeje um pouco desse vinho, misturando-o à água.

   Experimente esfregá-la com uma esponja natural, depois secá-la pessoalmente.

   Mantenha sempre uma garrafa de reserva sob a cama. Quando sentir que a relação precisa de um estímulo mais forte, sirva uma taça apenas com esse vinho e leve-a ao congelador por alguns instantes.

   Periodicamente retire o rubi e lave-o em água corrente, esfregando suavemente sal grosso nele.

   16 PARA INTROMISSÃO DA FAMÍLIA

   Muitos casamentos acabam fracassando por causa da excessiva interferência da família, principalmente por parte das sogras, que não conseguem lidar com a possessividade e não aceitam o fato de que não se cria um filho para si mesmo(a).

   Para evitar esse tipo de coisas em seu casamento, prepare com antecedência uma simpatia para servir aos pais, no dia da cerimônia.

   Para tanto, sete dias antes do matrimônio, pegue uma garrafa de vinho e coloque-a num balde juntamente com cristais de toda cor e de todos os tipos que puder encontrar. Mantenha esse balde na geladeira.

   Pela manhã, retire a garrafa e coloque o balde sob água corrente, jogando um punhado de sal grosso em seu interior. Deixe a água correr livremente, depois escorra as pedras num pano branco. Retorne-se ao balde e reponha a garrafa. Faça isso por sete dias seguidos.

   No dia do casamento, esse vinho deverá ser servido apenas aos pais do noivo e da noiva.

   17 PARA HAVER COMPANHEIRISMO

   Muito mais que marido e mulher, um casal pode ser cúmplice um do outro, amigos na verdadeira acepção da palavra, companheiros para todas as situações.

   Isso deve implicar, logicamente, no fato de cada um saber o momento certo de ceder e de acompanhar a pessoa amada. Se um fizer isso para o outro, ambos serão felizes sem sombra de dúvidas.

   Para conseguir esse tipo de coisa, além do desprendimento, fazer a seguinte simpatia. Em qualquer dos dias do período da Lua Crescente, pegue um quartzo rosa e coloque-o dentro de uma coqueteleira, misturando nela uma porção de vinho branco, uma porção de vodca, uma porção de suco de limão, mel ou açúcar e gelo à vontade.

   Agitar suavemente, só para gelar bem. Tomar juntos, no mesmo copo. Não esquecer de tirar a pedra depois e guardá-la embrulhada num pano vermelho. Repetir mensalmente.

   Nota: Com o tempo, as pessoas perderam a noção da importância dos pequenos rituais, coisas que precisam ser divididas e realizadas por um casal, que deseje realmente manter seu casamento como um organismo vivo, dinâmico e sempre surpreendente. Essa falta de apego ao que fazia bem nos tempos de namoro pode comprometer toda a felicidade futura.

   18 PARA AS CRÍTICAS EXCESSIVAS

   É comum quando duas pessoas tentam um relacionamento amoroso, que uma delas, por possessividade ou até por imaturidade, acabe exigindo demais da outra, muito mais do que ela pode lhe dar. Disso resultam críticas constantes e excessivas, que desgastam o relacionamento, levando-o a um fim prematuro.

   Fuja desse tipo de situação, oferecendo à pessoa amada, sempre que possível, água de um copo que tenha ficado de boca para baixo com uma safira em seu interior.

   É importante que apenas a pessoa amada use esse copo e que, enquanto não estiver em uso, ele fique sobre uma superfície de madeira, com a pedra.

   19 PARA A PESSOA NÃO MUDAR

   Muita gente inicia um relacionamento amoroso porque acha que conhece a pessoa por quem se apaixonou. Com o tempo, porém, percebe que ela não era o que ela esperava nem a pessoa que ela julgava conhecer.

   Isso acontece com muita freqüência e como normalmente causa muito sofrimento, a solução é usar uma simpatia um tanto drástica, mas eficiente.

   Descubra qual tipo de bebida forte a outra pessoa gosta, como cachaça, uísque, vodca, rum, etc. Feito isso, pegue uma garrafa dessa bebida, coloque dentro um punhado de areia retirada da correnteza de um rio e deixada numa forma, em forno quente, por meia hora.

   Deixe descansar por sete dias, depois faça a pessoa beber pelo menos sete cálices ou copos dessa bebida. Com certeza ela ficará embriagada e você perceberá, pelas suas reações, como ela será no futuro, em relação a você.