Indice


Amor e Sexo


Bíblicas


Mágicas


Sorte

 

SIMPATIAS MÁGICAS

ANJOS

     No Século X da Era Cristã, importantes manuscritos foram encontrados, num terraço nas proximidades de Jerusalém, por um grupo de pastores. A curiosidade e o desconhecimento da parte deles fizeram com que a maior parte desses manuscritos fossem destruídos, transformados literalmente em poeira. Todo esse material foi guardado na urna original e mantida sob a tutela de um hoje extinto mosteiro na rota das Cruzadas. Durante a II Guerra Mundial, os alemães se apossaram desse tesouro, mas não tinham como tratar esses milhares de fragmentos, por isso recolheram a urna a um depósito em Berlim.
     Em 1968, uma funcionária aposentada do Tesouro Americano, especializada na reconstrução de cédulas dilaceradas, por acaso teve acesso a esse acervo e foi desafiada a restaurá-lo. Um adido cultural, na época, simplesmente mandou para a casa dela todos os fragmentos disponíveis. Marion Verne Corey dedicou vinte anos de sua vida, emendando aqueles fragmentos. Quando terminou e o apresentou ao Departamento de Cultura, simplesmente confiscaram todo o seu material, o que a matou de desgosto em 1989. Não havia interesse do Departamento de Estado de que as pessoas comprovassem a existências dos anjos. Quem pode saber o motivo?
     Sabe-se que os Anjos se organizam nas hostes celestiais como uma espécie de exército, com uma hierarquia sendo obedecida. Nessa hierarquia os angelólogos identificaram três níveis, cada qual com três categorias cada uma.
     O Ministério Celeste é o primeiro, com os Serafins, Querubins e Tronos, ligados diretamente ao serviço de Deus. Numa hierarquia intermediária temos uma espécie de corte celestial, com as Dominações, Potências e Virtudes, controlando e guardando o universo e a humanidade como um todo. Finalmente, na última e mais próxima do homem, temos os Principados, os Arcanjos e os Anjos.
     A estes cabe a tarefa de intermediar a comunicação do homem com seu Criador, manter em ordem as nações, proteger a natureza, orientar e guiar cada um dos habitantes do planeta. Nesta última hierarquia vamos encontrar ajuda para a proteção de seu lar e de sua casa, em simpatias cuja origem se perde no tempo, muitas das quais encontradas na própria Bíblia e nos Livros Apócrifos que dela foram retirados, como o Livro de Enoque, um dos mais eloqüentes no relato da atuação dos Anjos entre os homens.
     Assim, para proteção, orientação e transformação para melhor de seu lar e de sua casa, vejamos algumas delas dessas Simpatias, feitas através dos Anjos.


SIMPATIAS


   1 PARA PRESERVAR O BOM HUMOR

   Numa casa onde todos andam de mau humor, a vida não é nada fácil. A discórdia se instala com rapidez. Todos andam nas pontas dos cascos, pronto para reagir à menor provocação. Obviamente, isso é o que podemos chamar de um verdadeiro inferno.

   Tudo isso, no entanto, pode ser afastado, se você invocar o auxílio do Anjo Vehuel, às 16:00 horas em ponto, acendendo uma vela azul diante de uma janela aberta.

   Converse com o anjo pedindo que devolva o bom humor para seu lar. Observe a vela, o céu, as árvores e o que se passa do lado de fora da janela. Esse Anjo costuma mandar um sinal de sua presença.

   2 PARA A SAÚDE DO LAR

   As pessoas andam adoecendo em sua casa? Ou alguém ficou doente e a recuperação está sendo lenta demais? Além de seguir à risca todas as orientações do médico responsável, peça ajuda a um Anjo que jamais a nega, o Anjo Daniel.

   Para isso, junto a um vaso de flores que tenha sido regado naquele momento e que contenha pelo menos três flores abertas, acenda uma vela amarela, às 16:20 horas em ponto, pedindo ajuda ao Anjo para a recuperação dessa pessoa.

   Quando a vela terminar de queimar, leve o vaso para o quarto do paciente e deixe-o lá até que ele se recupere.

   3 PARA DESMANCHAR INTRIGAS

   Mesmo dentro de sua casa você pode enfrentar problemas com intrigas. Basta que você e sua família vivam em harmonia e felicidade para provocar inveja, mau-olhado e olho gordo. Quando isso é lançado contra vocês, as intrigas florescem com uma rapidez espantosa, estimulada pela negatividade dessa gente que não consegue aceitar a felicidade alheia.

   Para afastá-las e desmanchar todas as intrigas que estejam afetando seu lar e seus familiares, pegue um pires branco, coloque uma vela verde no centro, cerque-a com sal grosso e acenda-a, às 16:40 horas em ponto, ofertando-a ao Anjo Hahasiah, pedindo-lhe que afaste todas essas coisas negativas de seu redor.

   Quando a vela tiver terminado de queimar, lave o pires em água corrente, depois deixe-o de boca para baixo, num canto de parede por três dias.

   Nota: A comunicação com os Anjos se processa da forma mais natural possível. Diante da vela, fixe seu olhar nela ou em algum ponto recomendado na própria simpatia. Apenas converse com ele, pois embora você não o veja, ele estará ali, diante de você, na chama da vela, possivelmente, ouvindo-o(a) atentamente.

   4 PARA COMBATER O DESÂNIMO

   Um dos membros da família está passando por uma fase negativa e se encontra desestimulado, afastando-se dos demais, demonstrando muita tristeza ou desorientação?

   Todo mundo passa por esse tipo de coisa, principalmente no mês que antecede o seu aniversário. É o chamado período do "inferno astral".

   Para evitar isso e o desânimo, um mês antes do seu aniversário ou imediatamente, se for o caso, coloque três velas vermelhas num pires branco. Atrás dele ponha um copo de água e um vaso com três rosas vermelhas, fazendo uma espécie de altar. Às 17:00 horas em ponto, acenda as velas e converse com o Anjo Imamaiah, pedindo sua ajuda para a pessoa que se encontra deprimida.

   Se você estiver fazendo a simpatia para você mesmo(a), abra seu coração para o Anjo, narrando com detalhes todos os seus problemas e pedindo orientação e ajuda.

   Quando terminar, tome o copo de água. Deixe a vela queimar em homenagem ao Anjo. Leve o vaso para junto de sua cabeceira, onde deverá ficar até que as primeiras pétalas começarem a cair. Quando isso acontecer, despetale as rosas e atire tudo em água corrente.

   Se o desânimo persistir, repita diariamente, por três dias seguidos, usando sempre o mesmo vaso e as mesmas rosas.

   5 PARA TOMAR UMA DECISÃO IMPORTANTE

   Uma importante decisão precisa ser tomada. Com certeza ela afetará a todos os membros da família, não será fácil de ser tomada nem agradará a todos. Não existe uma outra alternativa, porém. Nessa situação, quando você se sentir dividido entre o que precisa fazer e o que gostaria mesmo de fazer, peça ajuda a quem é especialista nesse tipo de coisas.

   O Anjo Nanael se presta a mediar essas decisões, fazendo com que elas se processem com harmonia e concórdia, afastando problemas, desavenças ou desentendimentos.

   Às 17:20 horas, acenda três velas brancas, três vermelhas e três azuis, pondo-as em três pires brancos diferentes, de forma que cada um contenha uma vela de cada cor.

   Peça ao Anjo ajuda para tomar a decisão e para convencer os demais membros da família, para que tudo se processe com harmonia. Quando terminar a sua conversa com o Anjo, deixe as velas queimarem e medite demoradamente sobre a decisão que tem que ser tomada. Antes que as velas se apaguem, com certeza o Anjo lhe mandará um aviso. Fique alerta, portanto, principalmente às chamas das velas.

   6 PARA REFORMAR A CASA

   Vocês decidiram, depois de muitas sugestões e palpites, fazer uma reforma na casa. É claro que isso representa um transtorno, mas a expectativa de logo estar morando numa casa nova faz com que isso seja o de menos.

   Acontece que muita coisa pode acontecer durante uma obra assim, desde problemas com pedreiros até a falta de material e, o que é pior, o dinheiro pode acabar antes de se terminar de fazer o que se pretendia fazer.

   Para que esse tipo de problema não os aborreça, às 17:40 horas, todos os dias, acenda uma vela verde ao Anjo Nithael, relatando-lhe o andamento das obras, suas preocupações e necessidades. Quando alguém problema lhe parecer insolúvel, no decorrer do tempo, transfira-o para o Anjo resolver.

   7 PARA AS CRIANÇAS DA CASA

   Criança é xereta, curiosa e estabanada por natureza. Não tem malícia nenhuma nem noção de perigo. Para elas tudo é diversão, mesmo coisas que lhe sejam perigosas.

   Manter uma vigilância por vinte e quatro horas é um trabalho que ninguém consegue fazer. Muitas vezes, as crianças acabam ficando nas mãos de Deus e dos seus Anjos das Guarda, pois basta um piscar de olhos para que elas se coloquem em perigo.

   Para garantir uma proteção mais efetiva, todos os dias, entre as 18:00 e as 18:20 horas, coloque sua mão na cabeça da criança e peça mentalmente o seguinte: "Mebahiah, cuide desta criança, por favor, meu Anjo!"

   Pelo menos uma vez por mês, no dia correspondente ao nascimento da criança, acenda uma vela branca, para esse Anjo.

   8 PARA NÃO FALTAR DINHEIRO

   Nos tempos de crise que enfrentamos, quando a economia do país tem destruído implacavelmente sonhos e aspirações não apenas de empresários falidos, mas de empregados demitidos, manter o dinheiro entrando em casa é uma preocupação que deixa todo mundo careca e inquieto.

   Quando falta dinheiro, falta tranqüilidade e as brigas surgem com muita facilidade. Fuja disso, pedindo a ajuda de um Anjo especialista em não deixar faltar essas questões materiais que são importantes na harmonia de uma casa.

   No primeiro dia de cada mês, às 18:20 horas, coloque sete moedas ao redor de uma vela verde, num prato branco, acrescente água e mel. Acenda a vela e peça ao Anjo Poiel para que não deixe faltar o mínimo necessário para a subsistência da casa e da família.

   Nota: Quando a vela terminar de queimar, apagando-se antes de se consumir totalmente, pegue esse prato e, com cuidado para não derramar a água, coloque-o num ponto alto da casa, sobre um armário ou uma estante, acima da cabeça dos membros da família.

   9 PARA VÍCIOS

   Quem tem uma pessoa viciada na família sabe o peso que isso representa na vida de todos. A vergonha, a humilhação, a constante preocupação, o perigo rondando sempre, as ameaças, tudo, enfim, que pode infernizar e tirar a tranqüilidade de uma família e até dos vizinhos e amigos, que acabam se afastando, por não suportar aquela situação.

   É preciso, porém, perseverar para libertar a pessoa dessa cruz que ela carrega. Para isso, o Arcanjo Nemamiah é um dos mais indicados e deve ser invocado todos os dias, às 18:40 horas, diante de uma garrafa com água e uma vela amarela.

   Pedir a ajuda do Arcanjo com muita fé, para que ela se manifeste através da água que está na garrafa. Quando a vela terminar de queimar, leve essa garrafa para a geladeira. Faça com que o viciado tome pelo menos três goles dela três vezes ao dia.

   10 PARA PESSOAS MAL-INTENCIONADAS

   Não há família que não seja, cedo ou tarde, perturbada por pessoas mal-intencionadas, que de uma forma ou de outra a querem prejudicar ou a um dos membros dela.

   Tudo que estiver ao alcance deve ser utilizado para mantê-las longe de seu lar, mas uma das Simpatias mais poderosas para isso é recorrer à ajuda do Arcanjo Ieialel.

   Às 19:00 horas em ponto, acenda uma vela azul para ele, chamando-o e pedindo sua ajuda. Conte com detalhes o que ocorre, inclusive mencionando o nome dessas pessoas. Deixe tudo por conta dele.

   Quando a situação se resolver, pegue roupas, livros, brinquedos e móveis velhos que tiver em sua casa e doe-os para a caridade.

   11 PARA CURAR DOENÇAS

   Muitas pessoas tem o dom de curar as doenças das outras pessoas apenas pela imposição das mãos. Os antigos as chamavam de benzedeiras ou curadeiras. É um dom divino que deve ser cultivado e mantido sempre em harmonia com as hostes angelicais, que são as renovadoras das energias nesse campo.

   Se você tem esse dom, habitue-se a fazer o seguinte: semanalmente, às sextas-feiras, entre 24:00 e 24:20 horas, acenda três velas brancas num pires, ofertando-a ao Anjo Vehuiah.

   No pires, coloque um pouco de água e um pouco de açúcar ou mel. O que sobrar ali deverá ser atirado em água corrente. Enquanto as velas ardem, converse com o anjo, mantendo suas mãos abertas ao lado das chamas, tomando o cuidado, é claro, de não se queimar.

   12 PARA CONFLITOS CONJUGAIS

   Por mais que haja compreensão e amor entre duas pessoas, cedo ou tarde os conflitos acabam aflorando. Na realidade, é importante que eles aconteçam, pois servem para indicar onde o relacionamento não está harmônico e, assim, ser corrigido.

   Cada conflito deve ser, portanto, uma oportunidade de crescimento e de aproximação entre o casal. Para que seja realmente assim, faça o seguinte: todo primeiro dia de cada mês, entre 24:20 e 24:40 horas, acenda uma vela branca, num pires, oferecendo-a ao Anjo Jeliel. Converse com ele, pedindo sua proteção nos assuntos conjugais.

   Quando a vela tiver queimado até a metade, leve-a para fora de sua casa, num gramado ou num jardim, onde ela deverá ficar até queimar totalmente.

   13 PARA SEU MAGNETISMO PESSOAL

   Toda pessoa tem um magnetismo próprio, que encanta e atrai as outras pessoas. Algumas o cultivam e, com isso, conseguem se destacar das demais.

   Isto é algo que todos deviam fazer, no entanto. Destacar-se pelas suas qualidades pessoais, pelo charme e pelo carisma. A forma mais completa para se conseguir isso, além dos cuidados que devem ser mantidos com a aparência, é clarear sua aura da seguinte forma:

   Num domingo, entre 24:40 e 01:00 hora, acenda num prato branco três velas, uma branca, uma amarela e outra vermelha, pondo água e mel no fundo, depois de fixadas as velas. Ofereça-as ao anjo Sitael, pedindo que limpe sua aura e reforce seu magnetismo pessoal.

   Quando as velas se queimarem, atire tudo que sobrou no prato em água corrente.

   14 PARA ANGÚSTIA

   A angústia é uma sensação terrível, de medo e insegurança indefinidos, refletindo-se no físico e no espiritual das pessoas, pondo-as num estado de tremenda e terrível sensibilidade.

   Muitas coisas podem estar acontecendo ao redor dela para que a sensação apareça. Seja lá qual for a origem dela, a melhor

   solução é recorrer à ajuda de um anjo especialista nesses assuntos.

   Acenda imediatamente três velas brancas, ofertando-as ao anjo Elemiah, pedindo sua valiosa ajuda. Cerque o pires onde estão as velas com pétalas de rosas brancas. Quando as velas se apagarem, junte as pétalas, coloque-as no pires e atire tudo que estiver dentro dele em água corrente.

   15 PARA PESSOAS MALDOSAS

   Certas pessoas, por sua própria natureza ou pelas influências negativas que receberam e guardaram, são extremamente maldosas e não se incomodam em ferir e prejudicar as outras. Essas pessoas vivem cercadas de uma escuridão tão grande que precisam realmente de muita ajuda para saírem dela.

   Ao invés de lastimarmos apenas, precisamos, como filhos do mesmo Pai, ajudá-las. Para isso, nada como recorrer à ajuda do anjo Lelahel, acendendo num prato sete velas brancas e espalhando mel e água entre elas. O melhor horário para esse contato é da 01:40 às 02:00 horas.

   Ofertá-las ao anjo, pedindo-lhe que, com sua generosidade e com seu equilíbrio, conduza a pessoa maldosa de volta à luz. Após as velas se queimarem, jogue o que estiver no prato em um jardim ou num gramado, depois lave o prato em água corrente.

   16 PARA PROTEGER SEU SÍTIO OU FAZENDA

   Quem trabalha com agricultura e pecuária sabe como são instáveis seus caminhos. A qualquer momento uma fatalidade ou uma praga pode pôr a perder meses de investimento.

   Assim, tudo que puder fazer para se assegurar do sucesso de seu empreendimento é válido, principalmente contar com o precioso auxílio de quem com freqüência está na presença de Deus.

   Para isso, todo primeiro dia do ano, acenda sete velas de cores variadas, dentro de um prato branco, pondo entre elas grãos ou qualquer coisa que represente os produtos que cultiva em sua propriedade.

   Isso deverá ser feito na parte mais alta do terreno. Ali, com fé, ofereça tudo que estiver no prato ao anjo Cahethel, pedindo sua proteção para o ano que se segue. Após as velas se apagarem, vire o prato de boca para baixo e enterre-o no local.

   No ano seguinte, recupere-o para refazer a simpatia.

   Nota: Dizem que os Anjos são, na verdade, os olhos e ouvidos de Deus, percorrendo todo o universo, vendo e ouvindo tudo o que é preciso ser visto e ouvido. Ao retornarem à presença de Deus, cada um deles tem a apresentar milhões de pedidos e muitas histórias recolhidos ao longo de seu trajeto pelo cosmos. Apenas num olhar Deus capta todos eles e decide o que será ou não atendido, o que é sincero ou não, o que é ou não importante, o que merece ou não a atenção, a preocupação e o trabalho das hostes angelicais. Por isso uns são atendidos, outros não.